Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2020 > ANAC interrompe prazo para quitação de multa com pagamento antecipado
conteúdo

Notícias

ANAC interrompe prazo para quitação de multa com pagamento antecipado

Alteração temporária de regra da Resolução nº 472 ocorre durante a pandemia
publicado: 15/06/2020 12h03, última modificação: 15/06/2020 12h08

Adotada em caráter excepcional e temporário, ANAC aprovou Resolução nº 565, que interrompe o prazo para pagamento de multa nos casos de deferimento de arbitramento sumário (requerimento de pagamento com 50% de abatimento), sem prejuízo da adoção de outros procedimentos fiscalizatórios previstos na norma.

Quando se encerrar o estado de calamidade pública da Covid-19, a ANAC notificará os autuados para que apresentem defesa (no prazo de 20 dias a partir da ciência da notificação) ou ratifiquem o requerimento de arbitramento sumário da multa, que deverá ser paga até a data de vencimento estabelecida na Guia de Recolhimento da União (GRU). Os demais procedimentos previstos na Resolução nº 472 seguem vigentes.

A alteração levou em consideração a atual situação do setor aéreo no país, que foi fortemente atingido pela queda da demanda, levando à redução da oferta de voos durante o estado de calamidade pública da Covid-19. A ANAC considerou ainda o fato de que diversos entes da Federação têm adotado medidas de flexibilização e ajustes procedimentais para viabilizar a continuidade de serviços essenciais e o funcionamento do ambiente de mercado.

Assessoria de Comunicação Social da ANAC
Email: jornalismo@anac.gov.br