Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Páginas Temáticas > Meio Ambiente > Dados
conteúdo

Dados

publicado 06/12/2019 10h20, última modificação 06/12/2019 11h31


Imagem: pixabay.com

A análise ambiental na aviação é uma tarefa complexa e requer um volume substancial de dados para ser realizada. Dentre os insumos necessários para mensurar o impacto que o transporte aéreo provoca no meio ambiente podemos citar: os números de voos realizados, os aeródromos de origem e destino, os tipos de aeronaves e motores que compõem a frota em operação, os fatores de emissões de poluentes e do ruído aeronáutico, entre outros aspectos.

Os organismos internacionais de aviação civil, através da OACI, EASA, DGAC entre de outras instituições, tem avançado no sentido de tornar públicas as fontes de dados mínimas necessárias à análise ambiental do setor, uma iniciativa essencial para que os relatórios produzidos sejam passíveis de debate e reprodução dos resultados. Da mesma forma, a ANAC vem trabalhando para publicar os seus relatórios e bases de dados no seu portal, para livre consulta e análise dos interessados.

As bases de dados são fundamentais para a confecção de documentos tais quais o Inventário Nacional de Emissões Atmosféricas da Aviação Civil, o Plano de Ação para a Redução das Emissões de Gases do Efeito Estufa da Aviação Civil Brasileira, entre outras notas técnicas ambientais.

Abaixo são apresentadas as principais bases de dados com acesso público que são utilizadas em análises ambientais na ANAC, seguidas de uma breve descrição das fontes e seu conteúdo.

 

Bases de dados 

a) ICAO noise db (ruído aeronáutico)
A ICAO noise db é uma base de dados que compila os níveis de ruído certificados das aeronaves de acordo com as metodologias do Anexo 16, Volume I da ICAO. A base de dados é mantida pelo DGAC da França e revisada pelo Working Group 1 do CAEP antes da publicação.

b) ICAO aircraft engine emissions db (emissão de motores)
A ICAO aircraft engine emissions db é uma base de dados que contém os valores de certificação motores de aeronaves dos poluentes de acordo com as metodologias previstas no Anexo 16, Volume II. As informações são de motores com tração acima de 26,7 kilonewtons, e a base de dados é mantida pela EASA com revisão pelo Working Group 3 do CAEP. 

c) ICAO CO2db (emissões de CO2 de aviões)
A ICAO CO2DB está em processo de elaboração e será sediada pela FAA, agência de aviação dos Estados Unidos. Nela serão incluídas, de forma voluntária pelos fabricantes de aviões, as informações dos aviões e os correspondentes valores certificados de emissões de CO2. Ela será revisada pelo Working Group 3 do CAEP. 

d) Inventário interativo
O Inventário Nacional de Emissões Atmosféricas da Aviação Civil é o documento que contém estimativas para as emissões de gases do efeito estufa, bem como outros poluentes primários da aviação civil brasileira. A metodologia segue as recomendações do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC – Intergovernmental Panel on Climate Change) da ONU. Os dados históricos das emissões da aviação civil brasileira estão disponíveis para consulta interativa no link. 

e) Dados estatísticos da ANAC
A base de dados estatísticos de ANAC contém os dados de passageiros, carga, mala postal entre outras variáveis das empresas aéreas brasileiras e estrangeiras que operam no Brasil. Os dados históricos retroagem ao ano 2000. Os dados são obtidos diretamente das companhias aéreas, conforme as instruções contidas nas Portarias ANAC nº 1.189 e 1.190/SRE/2011.

f) Base de aeródromos
O cadastro de aeródromos da ANAC contém dados sobre os aeródromos civis públicos - que podem ser explorados para fins comerciais - e privados homologados e registrados no Brasil. Estão disponíveis os dados das coordenadas geográficas, operações autorizadas, informações das pistas de pouso e decolagem, etc.

 

Temas em destaque

Publicações