Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Perguntas Frequentes > Passageiros > Bagagem > Que tipos de objetos não podem ser transportados nas bagagens de mão e despachada?
conteúdo

Que tipos de objetos não podem ser transportados nas bagagens de mão e despachada?

publicado 31/05/2017 08h50, última modificação 25/07/2019 11h35

A bagagem de mão não poderá conter artigos classificados como perigosos, tais como dispositivos de alarme, armas portáteis e fogos de artifício, entre outros. Ressalte-se que esses artigos não podem ser transportados como bagagem despachada de passageiros ou de tripulantes, nem consigo mesmo.

Existem exceções à regra em relação aos artigos que podem ser transportados sem aprovação prévia da empresa aérea, e a outros cujo transporte pode ser realizado somente mediante autorização. Consulte a lista exemplificativa de itens permitidos, de acordo com o tipo de bagagem. 

Confira, abaixo, o que pode e o que não pode levado a bordo, conforme previsto no anexo daResolução nº 515 da ANAC, de 08 de maio de 2019.

A bagagem despachada não pode conter artigos perigosos, tais como:

- Dispositivos de alarme;
- Explosivos, inclusive cartuchos vazios, munições, material pirotécnico, armas de caça, armas portáteis e fogos de artifício;
- Gases inflamáveis, não inflamáveis e venenosos, tais como butano, oxigênio, propano e cilindros de oxigênio;
- Líquidos inflamáveis usados como combustível para isqueiros, aquecimento ou outras aplicações;
- Sólidos inflamáveis, tais como fósforo e artigos de fácil ignição;
- Substância de combustão espontânea;
- Substância que, em contato com a água, emita gases inflamáveis;
- Materiais oxidantes, tais como pó de cal, descorantes químicos e peróxidos;
- Substâncias venenosas (tóxicas) e infecciosas, tais como arsênio, cianidas, inseticidas e desfolhantes;
- Materiais radioativos;
- Materiais corrosivos, tais como mercúrio, ácidos, alcalóides e baterias com líquido corrosivo;
- Materiais magnéticos;

A lista acima não abrange todos os itens proibidos. Ela pode ser ampliada por legislação específica.


A seguir, confira os artigos perigosos que podem ser transportados em bagagem despachada ou de mão, sem necessidade de aprovação prévia:

- Para bagagem de mão em voos domésticos, não são permitidos aerossóis e atomizadores, exceto os de uso médico ou de asseio pessoal, sem que exceda a quantidade de quatro frascos por pessoa e que o conteúdo, em cada frasco, seja inferior a 300 ml ou 300 g;”

- Para bagagem de mão em voos internacionais, todos os líquidos, inclusive gel, pasta, creme, aerossol e similares, devem ser acondicionados em frascos com capacidade de até 100 ml e colocados em embalagem plástica transparente, vedada, com capacidade máxima de 1 litro, não excedendo as dimensões de 20 x 20 cm. Líquidos em frascos acima de 100 ml não podem ser transportados, mesmo se o frasco estiver parcialmente cheio.

- Bebidas alcoólicas, perfumes e colônias, desde que a capacidade de cada recipiente não exceda 0,5 litro/quilo e que a quantidade máxima por passageiro não ultrapasse 5 litros (não aplicável para bagagem de mão em voos internacionais);

- Marcapassos cardíacos implantados cirurgicamente que contenham materiais radiativos, tais como pilhas de plutônio, ou artigos farmacêuticos que contenham bário, implantados em pessoas em razão de tratamento médico.
Há também os artigos perigosos que podem ser transportados em bagagem despachada ou de mão, mas que necessitam de aprovação prévia da companhia aérea:

- Pequenos cilindros de gás dióxido de carbono utilizado por passageiros para o funcionamento de membros mecânicos. Adicionalmente, é possível transportar cilindros de reposição de igual tamanho, se necessários para toda a viagem;

- Artigos de fumantes de uso pessoal, excluindo-se os acendedores (isqueiros) de dispositivos líquidos inflamáveis. O isqueiro poderá ser aceito somente junto ao corpo do passageiro, nunca na bagagem de mão;

- Gelo seco (até 2 kg) para preservação de órgãos a serem transplantados.


Por fim, segue a lista de artigos perigosos que só podem ser transportados de forma especial e que necessitam de aviso prévio e de contrato de transporte específico:

- Malas/maletas com dispositivo de alarme;
- Explosivos, munições ou fogos de artifícios;
- Gases comprimidos (inflamáveis, não inflamáveis e/ou venenosos), tais como aerossóis;
- Líquidos inflamáveis, tais como recarregadores de isqueiros, tintas e dissolventes;
- Sólidos inflamáveis, tais como fósforo, artigos de fácil ignição, combustão espontânea ou que ao contato com água emitam gases inflamáveis;
- Materiais oxidantes;
- Venenos e substâncias infecciosas;
- Material radioativo;
- Materiais corrosivos, tais como mercúrio (termômetros), ácido, pilhas;
- Materiais magnetizados;
- Garrafas de oxigênio;
- Transporte de substâncias líquidas fora dos padrões estabelecidos.