conteúdo

Auditoria

publicado 10/03/2016 09h42, última modificação 07/05/2020 11h30

Competências

  • Fiscalizar a gestão orçamentária, financeira, administrativa, contábil, técnica e patrimonial e demais sistemas administrativos e operacionais da ANAC, de acordo com o Plano Anual de Atividades de Auditoria aprovado pela Diretoria
  • Elaborar relatório das auditorias realizadas, propondo medidas preventivas e corretivas dos desvios detectados, se for o caso, encaminhando-o ao Diretor-Presidente
  • Responder pela sistematização das informações requeridas pelos órgãos de controle do Poder Executivo
  • Coordenar o processo de Prestação de Contas Anual da ANAC ao Tribunal de Contas da União
  • Exercer outras atividades que lhe forem atribuídas pela Diretoria.

 

Missão

A Auditoria Interna tem como missão contribuir, de forma independente, para o aperfeiçoamento do controle interno implantado na ANAC, agregando valor às práticas administrativas, particularmente as relacionadas à gerência de risco, e contribuindo para o cumprimento da missão institucional com maior eficiência.

 

O que é a Auditoria Interna? 

A Auditoria Interna é um órgão de assistência direta e imediata à Diretoria, subordinada administrativamente ao Diretor-Presidente. Atua de forma independente, tendo por base as atribuições, os planos, as metas, os objetivos e as políticas definidas na Agência, abrangendo as atividades, os programas, as operações e os controles existentes.

É considerada instância interna de apoio à governança, tendo em vista realizar auditorias que avaliam e monitoram riscos e controles internos, comunicando qualquer disfunção identificada à alta administração.

Auxilia na realização dos objetivos delineados pela ANAC a partir da aplicação de uma abordagem sistemática e disciplinada para avaliar e melhorar a eficácia dos processos de gestão de riscos, controle e governança.

Por força do Decreto nº 3.591, de 6/9/2000, que dispõe sobre o Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal, a Auditoria Interna está sujeita à orientação normativa e à supervisão técnica da Controladoria-Geral da União (CGU).

Os trabalhos da Auditoria Interna observam as normas brasileiras para o exercício da profissão divulgadas pelo Conselho Federal de Contabilidade, bem como os padrões internacionais editados pelo Institute of Internal Auditors (IIA).