Você está aqui: Página Inicial > Perguntas Frequentes > Aeródromos > Cadastro de Aeródromos > Como é feita a atualização ou alteração cadastral de um aeródromo?
conteúdo

Como é feita a atualização ou alteração cadastral de um aeródromo?

publicado 30/08/2017 15h25, última modificação 25/07/2019 11h34

Com o tempo, algumas características físicas e operacionais do aeródromo podem ser alteradas. Por exemplo, os números das cabeceiras mudam devido à alteração do rumo magnético, a elevação do aeródromo devido a uma medição mais precisa, a construção de uma nova pista de táxi, de um pátio de estacionamento de aeronaves, ou mesmo a alteração do tipo de operação do aeródromo para IFR.

  • alteração de dado ou informação sobre característica física ou operacional anteriormente inscrito;
  • exclusão, com cancelamento dos efeitos do ato administrativo que autorizou o cadastramento.

 

Para incluir essas novas informações no cadastro, o operador de aeródromo deverá fazer o pedido de cadastramento à ANAC. Novas infraestruturas construídas na área de movimento, ou alteração do tipo de operação (IFR, por exemplo), somente serão abertos ao tráfego aéreo após a conclusão do cadastramento.

Esse pedido também é chamado de alteração cadastral.