Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Principais aéreas brasileiras registraram lucro de 788 milhões no 3° trimestre de 2017

Notícias

Principais aéreas brasileiras registraram lucro de 788 milhões no 3° trimestre de 2017

Resultado acumulado no ano é de prejuízo de R$ 82 milhões
por publicado: 03/01/2018 17h38 última modificação: 03/01/2018 17h38

Os dados das demonstrações contábeis das empresas aéreas brasileiras do 3º trimestre de 2017, divulgados nesta quarta-feira (3), pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), apontam lucro líquido de R$ 788 milhões apresentados pelas quatro principais empresas aéreas no país: Gol, Latam, Azul e Avianca. O valor corresponde a uma margem líquida de 8,1%. No mesmo período em 2016, o resultado foi negativo em R$ 342 milhões e a margem líquida foi de -3,9%. Juntas, as aéreas representaram mais de 99% da demanda por transporte aéreo público doméstico de passageiros, em termos de passageiros quilômetros pagos transportados (RPK).

No acumulado até o 3º trimestre de 2017, o resultado consolidado das 4 empresas é de prejuízo de R$ 82,3 milhões, resultando em -0,3% de margem líquida. Na avaliação por empresa, verifica-se que duas delas registraram resultado líquido negativo no período: Avianca e Gol com, R$ 39,7 milhões e R$ 146,8 milhões, respectivamente. LATAM e Azul apresentaram resultado líquido positivo no mesmo período acumulado, de R$ 2,3 milhões e R$ 101,9 milhões, respectivamente. Já no 3º trimestre/2017 isoladamente, todas as quatro empresas apresentaram resultado líquido positivo.

A Receita Líquida agregada das quatro empresas no período acumulado de 2017 até o 3º trimestre apresentou aumento de 6,1% em comparação ao ano anterior, chegando a R$ 25,4 bilhões. Já os Custos dos Serviços Prestados apresentaram diminuição da ordem de 0,4%, tendo sido apurados em R$ 21 bilhões. Dessa forma, com o incremento da receita e a diminuição dos Custos dos Serviços Prestados, o Lucro Bruto das 4 empresas cresceu em 54,6% no período, passando de R$ 2,85 bilhões para R$ 4,4 bilhões.

Em relação às despesas operacionais nesse mesmo período acumulado, as empresas apresentaram aumento de 5% (de R$ 3,5 bilhões para R$ 3,7 bilhões).

O EBIT no acumulado do 3º/2017 (do inglês Earnings Before Interest and Taxes), foi positivo em R$ 671 milhões, correspondente a uma Margem EBIT positiva de 2,6%, contra R$ 695 milhões negativos no mesmo período em 2016, equivalente a uma Margem EBIT negativa de 2,9%. Ressalta-se que em 2017, apenas a Avianca apresentou EBIT negativo (-43,4 milhões). Azul (R$ 468,5 milhões), Gol (R$ 137,4 milhões) e Latam (R$ 108,5 milhões) foram todos positivos.

O resultado financeiro do setor, no acumulado do 3º trimestre, foi negativo em R$ 1 bilhão, tendo sido o da GOL R$ 504,3 milhões negativos, o da AZUL R$ 392,7 milhões negativos, o da AVIANCA R$ 175,2 milhões negativos. A LATAM foi a única que apresentou resultado financeiro positivo no período, de R$ 62,8 milhões.

Sobre as demonstrações contábeis

As demonstrações contábeis do 1º, do 2º e do 3º trimestres de cada ano devem ser apresentadas à ANAC em até 45 dias pelas empresas brasileiras de transporte aéreo público com participação de mercado relevante (maior ou igual a 1% da quantidade de RPK no mercado doméstico ou internacional), conforme obrigação estabelecida pela Resolução nº 342/2014.

As demonstrações em questão são de responsabilidade das empresas aéreas e submetidas a auditoria independente, nos termos da regulamentação vigente. Não obstante, tal documentação encontra-se em constante processo de fiscalização por parte da ANAC quanto ao devido cumprimento das normas de sua competência, podendo haver posteriores alterações e/ou substituições de arquivos.

Em caso de descumprimento do prazo de apresentação das demonstrações contábeis à ANAC ou de dados inconsistentes ou de qualquer outra não conformidade em relação à regulamentação vigente, a empresa está sujeita a processo administrativo para apuração da infração.

Em cumprimento à Resolução ANAC nº 342/2014, que entrou em vigor no dia 1º de janeiro de 2015, tais demonstrações contábeis são trimestralmente divulgadas na seção Dados e Estatísticas do portal da Agência:

http://www.anac.gov.br/assuntos/dados-e-estatisticas/demonstracoes-contabeis/demonstracoes-contabeis-de-empresas-aereas-2017

Assessoria de Comunicação Social da ANAC 
Gerência Técnica de Relações com a Imprensa 
E-mail: 
jornalismo@anac.gov.br 
www.anac.gov.br