Você está aqui: Página Inicial > Notícias > ANAC e Ministério divulgam campanha contra táxi-aéreo clandestino
conteúdo

Notícias

ANAC e Ministério divulgam campanha contra táxi-aéreo clandestino

publicado: 29/06/2018 18h15, última modificação: 03/07/2018 15h55

Brasília, 29 de junho de 2018 - Iniciativa conjunta entre a ANAC e o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA) levou ao ar uma campanha com uma série de cards publicados na página do Facebook dos dois órgãos para combater a prática de táxi-aéreo clandestino no país.

Com o slogan “Voe seguro, não use táxi-aéreo clandestino”, o objetivo da campanha é conscientizar os usuários sobre os riscos de contratar um serviço irregular de táxi-aéreo, tendo em vista o não cumprimento de uma série de requisitos pelo operador desse tipo de transporte, colocando em risco a vida e a segurança dos envolvidos e de terceiros.

As operações de interdição da aeronave usada no táxi-aéreo clandestino que transportava as cantoras Marília Mendonça e Maiara e Maraísa incentivaram essa nova ação, que envolveu também a reformulação de uma página eletrônica no site da ANAC, rica em informações exclusivamente voltadas ao usuário interessado em contratar esse tipo de serviço.

Na página será possível consultar as empresas autorizadas pela ANAC a prestar o serviço de táxi-aéreo bem como o tipo de aeronave utilizada na prática, que deve estar na categoria TPX, na qual as exigências de manutenção e certificação são ainda mais rígidas na comparação com o transporte aéreo privado, contribuindo para que a atividade seja praticada com a maior segurança possível.

Página da ANAC: http://www.anac.gov.br/assuntos/passageiros/taxi-aereo-1/taxi-aereo

Veja a campanha:  http://www.transportes.gov.br/component/content/article/108-paginas-tematicas-aviacao/7249-campanha-taxi-aereo.html

Assessoria de Comunicação da ANAC
Gerência Técnica de Relações com a Imprensa
E-mail: 
jornalismo@anac.gov.br
www.anac.gov.br