Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > ANAC suspende operações com aeronaves de modelo Boeing 737-8 MAX no Brasil
conteúdo

Notícias

ANAC suspende operações com aeronaves de modelo Boeing 737-8 MAX no Brasil

O cumprimento da determinação é imediato
publicado: 13/03/2019 21h27, última modificação: 18/03/2019 12h37

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) publicou nesta quarta-feira (13) a suspensão das operações com aeronaves de modelo Boeing 737-8 MAX no Brasil. A Diretriz de Aeronavegabilidade, que deve ser cumprida imediatamente, será adotada inclusive pelas empresas que suspenderam voluntariamente suas operações, como a Gol Linhas Aéreas. Após o acidente com a aeronave operada pela Ethiopian Airlines, a ANAC manteve contato com a Federal Aviation Administration (FAA), com a fabricante da aeronave e com as empresas que operam o modelo no Brasil, além de acompanhar atentamente as investigações do acidente, o que motivou a decisão divulgada hoje. 

A ANAC esclarece que a empresa Gol Linhas Aéreas – a única a utilizar esse modelo da aeronave no Brasil – já havia suspendido as operações com o Boeing 737-8 MAX desde as 20h do dia 11/3, conforme comunicado publicado anteriormente no Portal da Agência (clique no link para acessar).

Antes de entrar em operação no Brasil, todo novo modelo de aeronave estrangeiro é avaliado pela equipe de especialistas da ANAC. Na avaliação desse modelo, publicada em janeiro de 2018, a ANAC identificou diferenças entre os modelos da família Boeing 737 e solicitou treinamento do sistema de aumento de características de manobra (MCAS) para operação do modelo 737-8 MAX. A comprovação do treinamento foi exigida para o início das operações com a aeronave no país. 

Assessoria de Comunicação da ANAC
Gerência Técnica de Relações com a Imprensa
E-mail: jornalismo@anac.gov.br

registrado em: , , , ,