Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2018 > ANAC acompanha com atenção situação operacional do aeroporto de Confins
conteúdo

Notícias

ANAC acompanha com atenção situação operacional do aeroporto de Confins

Aeronave da Latam fez pouso de emergência no terminal nesta madrugada
publicado: 20/12/2018 10h10, última modificação: 20/12/2018 10h15

Brasília, 20 de dezembro de 2018 –    A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) informa que está monitorando as ações após o fechamento do Aeroporto Internacional de Confins, em Belo Horizonte. Na madrugada desta quinta-feira (19/12), uma aeronave da empresa Latam realizou pouso de emergência no terminal e todos os passageiros foram retirados em segurança.  No momento, a pista do aeroporto está fechada e equipes estão trabalhando para liberação o mais brevemente possível.

Os voos com destino ao terminal estão sendo redirecionados. A ANAC orienta aos passageiros que consultem as companhias aéreas sobre a situação dos voos antes de se deslocarem para o terminal. 

Seguem os canais de atendimento ao cliente das principais empresas aéreas:

AVIANCA – www.avianca.com.br / 0800-286-6543 / 4004-4040  / 0300-789-8160
AZUL – www.voeazul.com.br / 4003 1118 (Capitais e regiões metropolitanas) 0800 887 1118 (Demais localidades)
GOL – www.voegol.com.br / 0300 115 2121 / 0800 704 0465
LATAM – www.latam.com / 4002-5700 (capitais) e 0300 570 5700 (todo o Brasil)
PASSAREDO - www.voepassaredo.com.br/ 0800 770 3757 / 4000 1777

A Agência destaca que está monitorando a situação e os eventuais impactos nas operações em outros terminais. O acompanhamento feito pela Agência busca manter os níveis de segurança de voo e de qualidade na prestação do serviço oferecido aos passageiros.

Caso o passageiro esteja no aeroporto, pela Resolução nº 400/2016, é dever da empresa informar aos passageiros sobre atrasos e cancelamentos de voos e o motivo. Além disso, a companhia deve oferecer facilidade de comunicação (ligação telefônica, internet e outros) para atrasos superiores a 1 (uma) hora; alimentação de acordo com o horário para atrasos superiores a 2 (duas) horas, e, para atrasos superiores a 4 (quatro) horas, a empresa deverá oferecer hospedagem quando houver necessidade de pernoite. Nos casos de preterição, o transportador deverá procurar por passageiros que se voluntariem para embarcar em outro voo mediante o oferecimento de compensações, além de assegurar o direito a receber assistência material.

Se o problema persistir, recomenda-se registrar reclamação no canal www.consumidor.gov.br. Por essa plataforma, as companhias aéreas têm o compromisso de receber, analisar e dar uma resposta em até 10 dias. As manifestações apresentadas nessa plataforma são monitoradas pela Agência, que acompanha a qualidade das soluções apresentadas.

Em caso de dúvidas, os usuários podem acessar a página temática Passageiro Digital: www.anac.gov.br/passageirodigital. A página contém as principais informações sobre documentos para embarque, check-in, bagagem, atrasos e cancelamentos, dentre outros tópicos que geram dúvidas antes, durante ou depois da viagem.

Assessoria de Comunicação da ANAC
Gerência Técnica de Relações com a Imprensa
E-mail: jornalismo@anac.gov.br
www.anac.gov.br