Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2016 > Ágata 11: balanço da participação da ANAC
conteúdo

Notícias

Ágata 11: balanço da participação da ANAC

86 aeronaves fiscalizadas e 44 interditadas
publicado: 24/06/2016 17h51, última modificação: 01/09/2017 09h51

Brasília, 24 de junho de 2016 – Com o objetivo de fiscalizar aeronaves, pilotos, empresas, aeródromos e profissionais de manutenção, inspetores da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) participaram da Ágata 11. A operação ocorreu de 13/06 a 22/06, de Roraima ao Rio Grande do Sul, envolvendo os 16.886 quilômetros de fronteira, em 11 estados. Também participaram da missão representantes de órgãos de Segurança Pública federais, estaduais e municipais.

Nesse período, os fiscais da ANAC estiverem presentes em 23 aeródromos da região e fiscalizaram 86 aeronaves, das quais 44 foram impedidas de levantar voo por irregularidades relativas à manutenção e documentação. Os autos de infração estão em fase de processamento na Agência.Também houve participação da ANAC nos centros de controle nas cidades de Manaus, Campo Grande e Porto Alegre para apoiar os fiscais nos aeroportos.

A Operação Ágata é uma iniciativa do Ministério da Defesa, sob coordenação do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), e foi realizada em 710 municípios com o objetivo combater o narcotráfico, contrabando, tráfico de armas e munições, crimes ambientais, imigração e garimpo ilegais, entre outros ilícitos.

A Ágata 11 contou ainda com atendimento social à população, as chamadas ações cívico-sociais (Acisos) ao longo da faixa de fronteira.

Assessoria de Comunicação da ANAC
Gerência Técnica de Relações com a Imprensa
E-mail: jornalismo@anac.gov.br 
www.anac.gov.br