Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2011 > Nota à imprensa
conteúdo

Notícias

Nota à imprensa

ANAC apura acidente na Bahia
publicado: 20/06/2011 17h30, última modificação: 20/06/2011 17h30

ANAC abre processo administrativo para apurar possíveis irregularidades no acidente com helicóptero na Bahia

Brasília, 20 de junho de 2011. A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) abriu processo administrativo, com base no Código Brasileiro de Aeronáutica, para apurar as possíveis irregularidades referentes ao acidente com o helicóptero, matrícula PR-OMO, que ocorreu na última sexta-feira (17/6), em Trancoso (BA). O helicóptero pertence à empresa FIRST CLASS GROUP ADMINISTRAÇÃO E PARTICIPAÇÃO LTDA e há indícios que estava sendo pilotado pelo Sr. Marcelo Mattoso de Almeida no momento do acidente.

Segundo o Registro Aeronáutico Brasileiro, a situação da aeronave estava regular. No caso das habilitações do piloto Marcelo Mattoso de Almeida, elas estavam vencidas desde 2005, neste modelo de helicóptero, além dele não possuir certificado de capacidade física (CCF) válido. Para obter a autorização do voo, foi declarado no plano de voo entregue a Aeronáutica o código ANAC pertencente ao piloto Felipe Calvino Gomes, que está regular nos nossos registros. Ao final do processo administrativo as irregularidades encontradas tanto na documentação do piloto, quanto em sua operação, podem gerar multa, suspensão ou cassação de licenças e certificados pela ANAC ao operador.