conteúdo

Helipontos

publicado 11/03/2016 13h47, última modificação 03/01/2019 07h27

Orientação quanto à norma a ser utilizada na construção de helipontos

Desde 21 de novembro de 2018, o referencial normativo para a construção e operação de helipontos é o RBAC nº 155 - HELIPONTOS (disponível em http://www.anac.gov.br/assuntos/legislacao/legislacao-1/rbha-e-rbac/rbac/rbac-155-emd-00).

 Helipontos circunvizinhos

A ANAC recomenda o uso de sinalizações horizontais específicas em helipontos circunvizinhos. O objetivo é manter a segurança das operações aéreas, tendo em vista que a sinalização facilita a identificação do heliponto no qual o piloto pretende pousar.

Helipontos circunvizinhos são aqueles cuja distância entre as áreas de pouso e decolagem é inferior a 200 metros — ou seja, são helipontos adjacentes, muito próximos uns dos outros. A cidade de São Paulo, por exemplo, possui vários helipontos que se enquadram nessa categoria, sobretudo em áreas como Vila Olímpia, Avenida Paulista e Avenida Brigadeiro Faria Lima.

A utilização de sinalizações horizontais é uma medida de segurança que abrange tanto os helipontos elevados quanto os helipontos localizados ao nível do solo.

Como utilizar as sinalizações horizontais?

A sinalização consiste na pintura do indicador de localidade do heliponto, conforme padrão definido pela Organização da Aviação Civil Internacional (OACI). As letras devem possuir 0,90 m de altura, com espaçamento de 30 cm entre as letras (veja exemplo na figura 1).

A pintura deve ser feita na cor branca, em tinta refletiva, na área compreendida entre as sinalizações horizontais de perímetro da área de pouso e decolagem e área de toque. No entanto, quando se tratar de áreas de pouso e decolagem quadradas ou retangulares, a sinalização deverá ser posicionada à esquerda da sinalização horizontal de indicação da direção do eixo de superfícies de aproximação preferencial (confira exemplo na figura 2).

Figura 1 - Formas e proporções das letras das sinalizações horizontais de helipontos circunvizinhos

Figura 2 – Exemplo da aplicação de sinalização horizontal de helipontos com áreas de pouso e decolagem quadradas

Sinalização Heli4